quarta-feira, 18 de maio de 2011

Contratualismo

Por Nicola Matteucci, in N.Bobbio e N.Matteucci, Diccionario de politica, ed.Siglo Veintiuno, Mexico, 1981. (eu traduzo)

“ (…)
Num sentido muito amplo o contratualismo compreende todas as teorias políticas que enxergam a origem da sociedade e o fundamento do poder político (o qual será, progressivamente, chamado potestas, imperium, governo, soberania, estado) em um contrato, isto é, em um acordo tácito ou expresso entre vários indivíduos, acordo que significaria o fim de um estado de natureza e o início do estado social e político. Todavia, em sentido mais restrito, por contratualismo se entende um escola florecida na Europa entre o início do século XVII e o fim do século XVIII, que tem seus representantes máximos em J.Althusius (1557-1638), T.Hobbes (1588-1679), B.Espinosa (1632-1677), S.Pufendorf (1632-1694), J.Locke (1632-1704), J.J.Rousseau (1712-1778), I.Kant (1724-1804). Por escola entende-se aqui não uma orientação política comum, mas um uso comum de uma mesma sintaxe ou de uma mesma estrutura conceitual para racionalizar a força e fundar o poder no consenso.
(…)”

Só para dar um gostinho, o artigo todo é muito interessante e completo. Existe uma versão em português no link: http://www.scribd.com/doc/6202093/Dicionario-de-Politica-Norberto-Bobbio

Nenhum comentário:

Postar um comentário